Foto de Mc Daleste dentro do caixão choca internautas em rede social


Um tiro foi disparado no peito do funkeiro Daniel Pellegrine, 20 anos, mais conhecido como MC Daleste, enquanto se apresentava na noite de sábado (6), em Campinas, interior de São Paulo.
f

Na madrugada deste domingo (7), foi anunciada a morte de Daleste na página oficial do cantor no Facebook. Daniel foi baleado durante uma apresentação no CDHU do bairro San Martin. A polícia militar ainda não divulgou informações sobre o autor do crime.
O funkeiro será enterrado em São Paulo, no cemitério da Vila Formosa, nesta segunda-feira (8), às 9h.
Uma pessoa da plateia gravou o momento em que Daniel recebe o tiro:

Repercussão 
Nas redes sociais, muitas mensagens da equipe do MC, fãs e famosos comentam o crime. No Twitter, Pe Lanza, do grupo Restart disse: "Acabei de ver um vídeo em que o MC Daleste tomou um tiro. Como podem fazer isso com um artista em cima do palco, seja lá qual for o motivo?". 
"Sentimentos à família do Mc Daleste #LUTODALESTE", postou o grupo Racionais MCs. A apresentadora Reginá Casé lamentou que não possa homenagear: "Estou chocada com a morte brutal do #McDaLeste que tinha sido convidado para o #Esquenta! Infelizmente não posso homenageá-lo hoje pois o programa foi gravado!"
MC Daleste. Foto: Divulgação/Facebook/Reprodução
1/11
Funk ostentação
MC Daleste pertencia ao estilo conhecido como funk ostentação ou funk paulista, famoso por misturar influências de funk carioca com letras que falam sobre carros caros, joias, roupas de grife e outros bens materiais.
O cantor ficou conhecido principalmente pelas músicas "Mais amor, menos recalque", "Água na Boca", "Gosto Mais do que Lasanha", "Angra dos Reis" e "Todas as Quebradas".