Nicole Bahls abre sua casa para o R7, mostra a "laje" onde toma sol.


AnteriorEm uma manhã de sol, Nicole Bahls recebeu a reportagem do R7 em seu apartamento, localizado em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. Sem cerimônias, a beldade abriu a porta de sua casa ainda de bóbis no cabelo. Com um sorriso no rosto explicou o motivo de se ter um tapete branco com a grafia de seu nome em rosa em sua porta. “Assim não dá para errarem a porta [risos]. Esse tapete aqui eu mesma encomendei. Eu amo rosa. Se fazem com nome de edifício, queria um com meu nome também”.Reportagem: Rodrigo TeixeiraPróxima
Em uma manhã de sol, Nicole Bahls recebeu a reportagem do R7 em seu apartamento, localizado em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. Sem cerimônias, a beldade abriu a porta de sua casa ainda de bóbis no cabelo. 

Com um sorriso no rosto explicou o motivo de se ter um tapete branco com a grafia de seu nome em rosa em sua porta. “Assim não dá para errarem a porta [risos]. Esse tapete aqui eu mesma encomendei. Eu amo rosa. Se fazem com nome de edifício, queria um com meu nome também”.

AnteriorNicole Bahls, que é natural de Londrina, no Paraná, mas escolheu o Rio de Janeiro para viver, contou que é em casa que repõe suas energias e busca paz interior.  — Eu não tenho casa em São Paulo, eu sempre fui e voltei, minha casa é no Rio. Sou apaixonada pelo Rio de Janeiro. O Rio tem uma alma. É uma cidade que acolhe, eu amo o carioca porque ele vive, curte a natureza e não pensa só em trabalhar. São Paulo não me transmite isso.Próxima
Nicole Bahls, que é natural de Londrina, no Paraná, mas escolheu o Rio de Janeiro para viver, contou que é em casa que repõe suas energias e busca paz interior.  

— Eu não tenho casa em São Paulo, eu sempre fui e voltei, minha casa é no Rio. Sou apaixonada pelo Rio de Janeiro. O Rio tem uma alma. É uma cidade que acolhe, eu amo o carioca porque ele vive, curte a natureza e não pensa só em trabalhar. São Paulo não me transmite isso.

AnteriorOutra coisa que fascina Nicole são as praias cariocas, ela disse ao R7 que a beleza está em ir à praia, onde todos são iguais, sem distinção de rico e pobre. Quando tem tempo costuma frequentar as areias da Reserva, na zona oeste da cidade.  — No Rio todo mundo está de igual para igual, ninguém vai colocar sua Ferrari na areia. Todos estão ali tomando os seus mates e comendo biscoito Globo. Eu sempre dou uma fugida para dar um mergulho. Adoro ir quando dá lua cheia, fica linda a paisagem.Próxima
Outra coisa que fascina Nicole são as praias cariocas, ela disse ao R7 que a beleza está em ir à praia, onde todos são iguais, sem distinção de rico e pobre. Quando tem tempo costuma frequentar as areias da Reserva, na zona oeste da cidade.  

— No Rio todo mundo está de igual para igual, ninguém vai colocar sua Ferrari na areia. Todos estão ali tomando os seus mates e comendo biscoito Globo. Eu sempre dou uma fugida para dar um mergulho. Adoro ir quando dá lua cheia, fica linda a paisagem.

AnteriorNicole adora receber seus amigos em casa, como adora
cozinhar e a sua comida preferida é churrasco. Faz questão pelo menos uma vez
por semana assar uma carne em sua churrasqueira.  — Quando eu era criança, meu avô sempre fazia churrasco em
casa aos finais de semana. Daí eu peguei esse costume. Eu mesma preparo a
carne. Eu gosto de deixar a carne temperada de um dia para o outro para se
pegar mais sabor. Mas na picanha, para não tirar o gosto, só coloco sal.Próxima
Nicole adora receber seus amigos em casa, como adora cozinhar e a sua comida preferida é churrasco. Faz questão pelo menos uma vez por semana assar uma carne em sua churrasqueira.  

— Quando eu era criança, meu avô sempre fazia churrasco em casa aos finais de semana. Daí eu peguei esse costume. Eu mesma preparo a carne. Eu gosto de deixar a carne temperada de um dia para o outro para se pegar mais sabor. Mas na picanha, para não tirar o gosto, só coloco sal.