Após desistir de ser boneca, Barbie humana assume nova identidade. Veja qual é!



Foto: Reprodução
Após desistir de ser boneca, Barbie humana assume nova identidade. Veja qual é! (fotos)
Se você achou estranho quando a barbie humana disse que não queria mais ser uma boneca, espere só até ver a nova identidade que ela assumiu.

Mais ainda: espere até ver a história que ela tem para contar a respeito da mudança que deixou a beldade parecendo uma versão mais alta e magrela do Mestre dos Magos!

No começo do mês, a barbie ucraniana postou fotos de sua viagem até o Peru — em que ela tomou chá de coca e ficou doidona — e a gente chamou atenção para o fato de que ela havia ficado obcecada com o número 21, lembra? Pois então: como resultado dessa viagem, Valeria Lukyanova decidiu que não queria mais ser uma boneca humana. Nesta semana, ela mostrou sua nova personalidade e — pode acreditar — ela não tem mais nada a ver com uma bonequinha.

Valeria sempre teve inclinação para coisas esotéricas e vivia dizendo que havia vindo do espaço, mas não sabia explicar direito essa parada. Agora, ela conseguiu botar sua piração em palavras e fez algo mais além disso. Com ajuda de um maquiador, ela fez uma sessão de fotos mostrando o que diz ser sua verdadeira personalidade.

Por isso, camarada, vá se preparando por que esse corpão de mulher que você vê na foto não é mais a forma como ela gostaria de ser vista.

Agora, a gente vai deixar que ela mesma apresente essa nova faceta que, como você pode ver, é careca, barbuda e sequer se parecer com uma mulher.

— Hoje, vocês podem me conhecer como Quetzalcoatl. Acho que já chegou a hora de contar para vocês... O que eu penso? Vocês querem aprender sobre muitas coisas, eu seu disso. E eu estou pronta para contar tudo para vocês. Vejam como as coisas ficaram interessantes. Vários sites publicaram um obituário com minha morte. A morte de Valeria Lukyanova, de fato, como uma identidade. Por isso, a partir de agora, eu sou Quetzalcoatl. Vocês podem levar em contra a destruição e a destituição de Valeria e de seu corpo. Agora é hora de lidar com coisas mais importantes.

Para os maias e astecas — Quetzalcóatl é prepresentado em ambas as culturas —, ele representa a ligação entre a terra e o céu. Por isso, mistura a figura de um pássaro (céu) com uma cobra (terra).

Para os maias, Quetzalcóatl representava aquelas pessoas que querem ter evoluir espiritualmente.

Quando os espanhóis chegaram no México, os astecas acharam que o conquistador Hernán Cortez era Quetzalcóatl e, por causa disso, a América central foi dominada tão facilmente.

Para ilustrar esta parte deliciosa da matéria, a gente escolheu a imagem acima — que nada mais é que uma representação de Quetzalcóatl feita em uma convenção de chocolates realizada na Bélgica.

A Barbie humana, no entanto, não parou por aí e continuou explicando sobre sua vida e sobre sua transformação em Quetzalcóatl.
— Vocês sempre me perguntaram como os habitantes de Atlântida eram. Era assim que eu era quando era habitante de Atlântida. Quando eu cheguei ao México depois do desastre, eu e meus quatro aliados fomos tratados como seres divinos e foi como tudo começou.

— Eu vim de Atlântida e, lá, todos os sacerdotes usam um cabelo igual a este. Todos eles tinham essa aparência, cabelos longos e muitos tinham barbas. Talvez você se lembre de algo... Sintonize em nossas frequências. Mesmo quando quando era um homem, eu gostava de ter boa aparência e me exibir. Assim é minha essência. Isso é ruim? Isso é bom? Isso realmente importa? Oh, não. TUDO é BOM no Universo. A união é a diversidade!

Ela falou sobre a obsessão com o número 21 também. Olha só...
— Durante todo o tempo em que tive esses revelações, fui assombrada por diversas manifestações do número 21. Quando terminei de escrever este texto, o relógio marcava 21h21. Eu acredito que tenha sido um sinal que diz: É HORA!