Lívia provoca Érica, Théo tira satisfações com a vilã e acaba preso


A obsessão de Lívia (Claudia Raia) por Théo (Rodrigo Lombardi) vai colocar o capitão em maus lençóis novamente. Nos próximos capítulos de "Salve Jorge", a vilã vai focar em Érica (Flávia Alessandra), deixando Théo completamente desnorteado. Tudo começa quando Lívia e Antonia (Letícia Spiller) encontram Érica e Márcia (Fernanda Paes Leme) num bar. A empresária levanta para ir ao banheiro, vê a mulher do capitão e resolve provocar: "Como vai o nosso Théo?", pergunta Lívia, baixinho. Érica reage surpresa e Lívia repete a pergunta. A tenente perde a cabeça e levanta com raiva. "O que é que essa mulher quer ainda?! Some! Some da minha vida,  some da minha frente!", grita Érica. As pessoas começam a olhar para a cena e Lívia faz que está pasma, constrangida. A loura, então, fica com mais ódio ainda e parte para o xingamento: "Eu não te conheço, sua vadia!".
O maitre chega, ampara Lívia e a tira dali. "Que situação horrível! Aquela louca...? Que culpa eu tenho se o marido dela está obcecado por mim?", fala Lívia, para todos ouvirem. Érica sai dali direto para a casa de Théo cobrar dele uma posição. "Eu não quero, eu não aceito ser perturbada mais por aquela mulher! Já basta ter sido traída em rede nacional, não basta? Já basta ter que encarar o pessoal do Regimento, os meus amigos, o porteiro, o jornaleiro da rua e ainda tenho que suportar provocações dela? No meio da rua? No bar que eu frequento? se mexe! segura essa vagabunda! manda ela parar! Afasta essa vagabunda de mim!", grita. Théo ainda tenta se defender dizendo que não tem nada com Lívia, mas ela não se dá por satisfeita: "Não me interessa! Você botou essa vagabunda na minha vida, não botou? Pois tira!".
Théo fica desesperado e corre para o hotel onde Lívia mora. Ele bate na porta e ela não atende. O capitão vai ficando com mais raiva e esmurra a porta do quarto. "Não pensa que você vai escapar não! Abre isso! Porque eu vou derrubar!", avisa Théo. Lívia se faz de assustada e liga para a segurança, que o leva para a delegacia. "Essa mulher está perturbando a minha vida! Está invadindo a minha cada, a minha privacidade, perseguindo a minha esposa. Eu só queria que ela abrisse aquela porta! não ia agredir ninguém! Só queria pedir que ela parasse! Minha mulher está grávida, teve uma crise hoje à noite, vi a hora de perder a criança! Foi fazer cena com minha mulher dentro de um restaurante...", conta Théo. Mas diante das testemunhas do hotel, Théo vai responder a um novo processo movido pela vilã.